O Teatro, paixão da juventude.

O Teatro, paixão da juventude.

 

 

 

 

 

 

 

 

O eterno aprendizado

 

image003

Nonato Chacon*

 

Depois deste longo tempo que eu faço, escrevo penso, leio e pesquiso sobre Teatro, sempre tenho a certeza de que ainda estou apreendendo esta arte que me fascina pela minha vida toda, na igreja, na escola e, depois aos 22 anos, quando cheguei em Boa Vista, ainda saudoso Território de Roraima, quando tive a oportunidade de participar de várias oficinas e cursos de Teatro promovido pelo Antigo Departamento de Cultura do antigo Território, que me levou a escolher a viver esta arte do faz de conta.
Foi em um destes cursos que tive a oportunidade de conhecer Feutmann Gondim, que estava participando pela primeira vez de uma oficina de teatro, ministrada no teatro do museu integrado. Lembro bem por ele ser mais jovem do que outros participantes. Bem alto e magro para sua idade, mas muito empenhado, apreende a arte do faz de conta, pois já demonstrava sua capacidade de questionar junto ao diretor, que veio do Rio de Janeiro para ministrar a oficina. Por isso, sua participação ficou marcada nas minhas lembranças das oficinas que participamos juntos, que, para finalizar, montamos um espetáculo com a participação de todos os integrantes.
Hoje, aos 60 anos, tenho a certeza que é muito bom está sempre aprendendo, com meus alunos, com os amigos, com as lembranças e com a vida, pois me motiva a continuar na utopia de um dia apreender a arte que mais amo nesta vida.

 

*Nonato Chacon, Professor, ator e diretor de teatro.

 

 


 

 

Uma Vida Breve

 

image004

Maria Helena Veronese Rodrigues*

 

 

Em 12 de junho de 2012, a Câmara Municipal de Boa Vista fez indicação, que foi transformada em lei, demominando o teatro, ora construído pela Prefeitura, como TEATRO MUNICIPAL FEUTMANN GONDIM.
Como uma das autoras da emenda parlamentar que viabilizou os recursos para esta magnífica obra, tanto do ponto de vista cultural quanto arquitetônico, não posso deixar de falar da minha alegria ao ver uma pessoa ainda tão jovem, ter seu trabalho em prol da cultura já reconhecido.
Este roraimense, nascido na encantadora região da Serra do Tepequém, desde cedo despertou para as artes e para as letras.
Destacou-se como ator, em peças teatrais, atividade que iniciou na Escola Ana Libória, como autor, produtor e diretor de peças de teatro.
Destacou-se também como jornalista, não só pelo seu talento e estilo de escrever, mas, sobretudo, pela seriedade e isenção de suas matérias.
Ao acompanhar-nos nas audiências no Ministério do Turismo em busca de recursos para o Teatro, e também nas inúmeras visitas que fizemos à obra, não escondia o seu interesse em conhecer cada detalhe do projeto e o seu orgulho de saber que a nossa cidade, o nosso estado, a classe artística e o nosso povo, contariam, finalmente, com um espaço digno e à altura dos melhores espaços culturais do nosso país.
Que esta homenagem seja também recebida por seus pais, Da. Adalgiza e Sr. Lauro Gondim (In Memorian), por serem eles os responsáveis pela formação do seu caráter e pelo esforço que fizeram para que o Feutmann concluísse seus estudos e realizasse seus sonhos!
Foi breve o tempo em que Feutmann esteve entre nós. Mas sabemos que procurou viver intensamente cada minuto de sua vida.
A nós, resta agradecer sua amizade, seu sorriso, sua companhia, seus aconselhamentos.

 

*Maria Helena Veronese Rodrigues, advogada e ex-deputada federal.

 

image005

 

 

Dados do Teatro

 

 

- Foyer com capacidade para 1000 pessoas em pé e espaço para exposições;image006

- Sala de espetáculos, capacidade 1060 espectadores, incluindo os camarotes;

- Palco com fosso para orquestra;

- Camarote p/ autoridades;

- 4 camarotes/ balcões no andar superior;

- Teatro Escola ou segunda sala de espetáculos- capacidade 200 pessoas;

- 1 Salão de Convenções e/ou Recepções;

- 4 camarins coletivos; 2 femininos e 2 masculinos;

- 2 camarins individuais - feminino e masculino;

- 1 camarim p portador de necessidades especiais;

- Sala de ensaio para orquestra;

- Sala de ensaio para dança;

- Sala de ensaio para corais;

- Sala o Desenvolvimento de projetos culturais;

- Área administrativa;

- Bilheteria;

- Sala para imprensa;

- Espaço com estrutura para instalação de cafeteria;

- Estacionamento com 600 vagas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

prev up next