Tendências
Open Panel
ALE-RR

Fashion Weeks

E começou de novo. Estamos mais uma vez em um período do ano que só se fala
em fashion week.
Virou "trendy " - TENDENCIA!!!!
Com o encerramento da Mercedes Benz Fashion Week de Nova York e o começo da
semana de Londres é impossível abrir qualquer tipo de mídia e não se deparar
com manchetes que chamam a nossa atenção para este eventos.

Mas o que são fashion weeks? De onde vieram? E para o que servem?...  Não,
nós não trabalhamos para o globo repórter...  mas pesquisamos a respeito e
achamos que seria interessante dividirmos com vocês o que aprendemos.
Muito antes da Moda ser esse grande negócio que é hoje, a moda reinava, como
vocês já devem ter imaginado, nos salões franceses. O conceito de apresentar
o que vai ser moda data de 1858, quando Charles Frederick Worth mostrou pela
primeira vez, em um "show" para os clientes, uma seleção dos seus desenhos
originais ( uma coleção). Na época chocou a sociedade o fato de que mulheres
de verdade (modelos) estavam mostrando os modelos para uma plateia, algo
inédito até então.
Ainda assim o início das Fashion weeks aconteceu não em Paris mas em Nova
York, em 1943, no ápice da Segunda Guerra Mundial  os jornalistas de moda
tinham como viajar para Paris para conhecerem as tendências. Os shows
tiveram que ser cancelados devido à ocupação nazista na França.
Em uma manobra inédita, uma editora de moda chamada Eleanor Lambert
aproveitou a oportunidade para desviar a atenção da indústria da moda de
Paris para a América,  a fim de melhorar a reputação e o prestígio dos
designers americanos na cena internacional. Ela convidou todos os
jornalistas (que deveriam ir a Paris) para Nova Iorque, organizou desfiles/
shows, e fez bastante publicidade a respeito da "Press Week" que estava
vindo à cidade.
 Usando sua experiência com fabricantes de varejo em Nova York, Lambert foi
capaz de costurar uma mostra de estilistas americanos para a mídia nacional
e internacional. Segundo a revista Time, Lambert até se ofereceu para pagar
as despesas de qualquer jornalista de fora da cidade, que viajassem para
Nova York para participar de "Semana de Imprensa". No total, houveram 53
grifes apresentando seus shows/desfiles no Plaza Hotel, e assim como nos
eventos de hoje, cada editor recebeu material de imprensa e fotos dos
desfiles.
A missão de Lambert de mudar a imagem da moda americana foi extremamente
bem sucedida. Quando as principais revistas de moda lançaram suas edições
seguintes à Semana de Imprensa, as páginas estavam cheias de designers
americanos, uma drástica diferença das brilhantes páginas anteriores de
forte influência francesa.
Em 1944 Ruth Finely lançou o primeiro Calendário de Moda, com o objetivo de
compilar todos os eventos da semana em um guia completo. Este guia foi
definitivo para reunir as empresas de moda e beleza, incluindo compradores,
fabricantes, designers e editores ao redor de um único ponto. Aqui um ponto
interessante: a empresa comandada por Ruth Finely  organizou o calendário
oficial da Semana de Moda de Nova York até  sua última edição, mas há poucos
dias atrás, essa bisavó  vendeu  os direitos do calendário e vai agora levar
uma vida tranquila.
Durante as próximas três décadas, os designers continuaram a apresentar
suas coleções duas vezes ao ano (fevereiro e setembro), em um evento que
viria a ser conhecido como Semana de Moda de Nova York.
Inspirado pelo sucesso de Lambert em Nova York, o aristocrata italiano
Giovanni Battista Giorgini aproveitou a oportunidade para capitalizar sobre
este novo conceito. Em 1952, em um momento marcante para a moda italiana,
ele organizou uma série de shows no famoso Palazzo Pitti em Florença,
Itália.  A Moda italiana tomou o centro do palco no mundo da moda; foi ai
que Emilio Pucci e Missoni encontraram uma nova e fascinante plataforma para
seus projetos. Pouco tempo depois, o sucesso estrondoso dos shows excedeu em
muito a capacidade de qualquer local em Florença de abriga-los; o minúsculo
aeroporto da cidade não tinha como acomodar o número de celebridades e
entourages que vinham de todo o mundo. Por fim, mudaram o evento para Milão.
Em 1975, Milão apresentou o seu primeiro "Settimana Della Moda".

<http://media.dexigner.com/article/23777/The_Glamour_of_Italian_Fashion_1945
_2014_Exhibition_03.jpg
>

A mostra "Grand Divertissement à Versailles", também conhecido como o
"Battle of Versailles",  em novembro 1973 marcou outro momento de definição
para a Semana da Moda - dizem que este foi o momento em que a França virou o
jogo e equilibrou a guerra entre Paris e Nova York (disputando om título de
capital da moda). O show foi realizado no opulento palácio de Versalhes, nos
arredores de Paris e , pasmem, mescalva designers franceses e americanos.
Este evento levou os parisienses a  inaugurarem neste mesmo ano o primeiro
Paris Fashion Week.
Menos de uma década depois, em 1984, Londres começou sua Semana de Moda -
sempre irreverente os ingleses tivera seu primeiro fashion week em um
estacionamento a oeste de Londres. Com o apoio da Vogue UK, o governo
britânico concordou em patrocinar o evento, com estilistas como John
Galliano e Betty Jackson emergentes na cena. A semana deu um grande impulso
para os designers da Grã-Bretanha, grifes e modelos - e, em particular, deu
fama a supermodelo Kate Moss.
Em Nova York, os designers mostravam suas coleções em seus próprios espaços
- lofts, galerias e até mesmo restaurantes. No entanto, depois de um
incidente em 1990, quando desabou parte do teto de um loft durante um show
de Michael Kors, as coisas tiveram que mudar.
Em 1994 vieram as tendas brancas do Bryant Park e o começo do "só para
convidados". A glamourização do evento garantiu grandes patrocinadores -
como Mercedes-Benz, que o agora dá nome à semana.
As tendas no Bryant Park atraíram o crème de la crème das celebridades e,
portanto, grandes multidões ansiosas para ao menos vislumbra-los. As
barracas já não podiam acomodar tanta gente, por isso, mais uma vez o show
pegou a estrada e mudou-se para o Lincoln Center.
Hoje, setembro de 2014 a Mercedes-Benz Fashion Week terminou de acontecer, a
Fashion week de Londres está troando, e há 138 semanas de moda acontecendo
em diferentes cidades ao redor do mundo;  do Rio aa Xangai, etc.
No Brasil nos tivemos a Fenit, que está ai até hoje e posteriormente a
Phytoervas Fashion week. Seguindo o link você pode saber mais a este
respeito.
http://www.phytoervasblog.com/historia/118-historia-phytoervas-fashion
Para empresários  e governos as Fashion Week provaram ser uma excelente
maneira de melhorar a reputação dos locais e promover as indústrias de moda
locais.
O próximo passo? Quem sabe como a internet continuará a transformar os
eventos, com transmissões ao vivo de shows e acesso instantâneo a ação nos
bastidores - todos disponíveis para o mundo através do Twitter, Instagram,
Facebook e outras plataformas de mídia social. Qualquer que seja a direção,
você pode ter certeza que este evento continuará a ser dinâmico e
emocionante.